Os 10 maiores conquistadores da história

Houve uma época onde o mundo não era governado por organizações, mas sim por homens. Esses homens, na maioria das vezes não tinham interesses econômicos, mas sim culturais, religiosos, raciais, territoriais ou simplesmente a vontade de controlar o mundo.

Quando falamos em conquistadores, você leitor provavelmente pensou de cara em alguns nomes como Adolf Hitler, Alexandre o Grande, Napoleão Bonaparte e vários outros nomes que são muito mais citados na história por seus feitos incríveis, mas, será que eles foram mesmo os maiores conquistadores que o mundo já viu?

Hoje vamos conhecer quem foram os maiores conquistadores de território de todos os tempos, contando um pouco de sua história e analisando qual deles tinha a maior extensão de terras sob seu poder.

Hernán Cortez (1465-1547) – 815.850 km²

O espanhol Hernán Cortez foi quem liderou a conquista do Império Asteca, no Centro e Sul do México, na Guatemala e em Honduras. Cortez chegou a realizar acordos com inimigos dos astecas para conseguir mais apoio em sua conquista, organizando até mesmo expedições custeadas por ele próprio, porém, quando voltou a Espanha, já estava pobre e sem reconhecimento. Morreu em 1547 de disenteria.

Francisco Pizarro (1470-1541) – 1.243.200 km²

Francisco Pizarro foi mais um dos grandes conquistadores espanhóis que o mundo conheceu, liderando as conquistas do Império Inca pelo Sul do Equador, Andes, Bolívia e Peru, onde criou a cidade de Lima, governou até ser assassinado por rivais em 1541.

Mahmud de Ghazni (971-1030) – 1.761.200 km²

Mahmud de Ghazni foi o governador do império de Gaznévida, onde hoje se situam o Afeganistão, parte do Irã e também o Paquistão, ele ficou no comando desde o ano de 997 até a sua morte em 1030, onde herdou o império de seu pai Abu Mansur Sabuktigin e o expandiu ainda mais, sem contar que foi o primeiro Sudão a governar. Atacava inimigos que considerava perigosos e também não muçulmanos, morreu em 1030 de tuberculose.

Napoleão Bonaparte (1760-1821) 1.864.800 km²

Napoleão Bonaparte foi o maior conquistador que a França já teve, começou a comandar logo após a revolução francesa, onde foi nomeado como imperador e iniciou suas conquistas de territórios pela Europa, porém, assim como muitos outros conquistadores que se atreveram a tentar enfrentar o inverno russo, foi derrotado e preso na Ilha de Elba na Itália, conseguiu fugir e voltar a governar, porém foi novamente derrotado e exilado na Ilha de Santa Helena, onde morreu de câncer de estomago.

Adolf Hitler (1889-1945) 3.548.300 km²

O responsável pelo maior genocídio da história, Adolf Hitler, conseguiu conquistar praticamente toda a Europa e ainda manteve sobre seu poder o Norte da África, ele chegou ao poder após se tornar ditador da Alemanha pelo Partido Nazista, matando todos os judeus, deficientes, gays e ciganos que conseguiu, pois segundo ele, a Alemanha vivia na crise por culpa destas pessoas dentre outros motivos banais. Hitler se suicidou em Berlim em 1945, pois não queria ser preso e provavelmente sofrer o que sofreu seu falecido aliado Mussolini, que teve o corpo exposto em praça pública.

Átila, o Huno (406-453) 3.755.500 km²

O ultimo rei dos Hunos, Átila, também conhecido como Praga ou Flagelo de Deus, era conhecido como o maior inimigo dos romanos, onde quase conquistou a cidade de Roma e sitiou Constantinopla, conseguindo o título de maior império europeu do seu tempo. Após a invasão da Itália, em 453, bebeu tanto na comemoração que acabou morrendo.

Ciro, o Grande (600-530 a.C.) 5.413.100 km²

Ciro foi o imperador do primeiro Império Persa, conquistando o Império Mediano, a Babilônia, a Assíria, Síria, Palestina, o vale Hindu e o sul do Turquistão. Ao contrário da maioria dos conquistadores, Ciro é conhecido como o mais bonzinho dos conquistadores, pois era generoso com os inimigos e respeitoso com as religiões e costumes alheios, ele morreu no campo de batalha em 530 a.C.

Tamerlão (1336-1405) 5.555.550 km²

Também conhecido como Timur, o cocho, foi o ultimo dos grandes conquistadores nômades da Ásia Central, onde dominou todo o Oriente Médio. Com a ajuda do seu poderoso exército construiu uma poderosa e agressiva dinastia, conhecido como a Dinastia Timúrida, que depois da morte de Timerlão em 1405 não conseguiu se manter de pé.

Alexandre, o Grande (356-323 a.C.) 5.646.200 km²

Alexandre já nasceu no trono, pois seu pai era o rei da Macedônia Felipe II, sem contar que sua inteligência seria garantida, pois seu tutor era nada mais nada menos que Aristóteles. Em primeiro lugar, Alexandre resolveu expulsar os persas do território onde hoje se situa a Turquia, também contornou a costa do mediterrâneo para conquistar o Egito e posteriormente conquistou boa parte do Oriente Médio e Oeste da Ásia. Alexandre morreu aos 32 anos sem nunca ser derrotado em 323 a.C. em um palácio da babilônia, por motivos até hoje desconhecidos.

Gêngis Khan (1162-1227) 12.857.400 km²

O maior conquistador de todos os tempos, Gêngis Khan, o qual é considerado um dos melhores estrategistas, se não o melhor, que o mundo já conheceu. Unificou as tribos nômades mongóis no nordeste da Ásia e depois iniciou sua expansão militar. De acordo com alguns historiadores, Gêngis chegou a acumular um terço da população mundial, conquistando o Norte da China, o Sul da Mongólia, o sul da Sibéria e toda a Ásia Central. Seu exército era superior por ter desenvolvido as técnicas da cavalaria contando com arqueiros montados, que acertavam seus alvos facilmente a 500m de distância. Gêngis Khan morreu em 1227, por causas desconhecidas, pois existem várias teorias sobre sua morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *