Como funciona a geladeira?

Da para acreditar que no século passado era comum jogar restos de comida no lixo por não existirem meios de armazená-los? Hoje esse para muitos é considerado um absurdo, pois com toda a evolução que tivemos no mundo não fica difícil perceber que há uma boa parcela da humanidade que passa fome. Por mais absurdo que pareça, desperdiçar comida era algo que não tinha meios de ser evitado, você comia tudo ou era obrigado a jogar o resto fora já que não existia nada que pudesse conservar orgânicos e outros perecíveis.

No Brasil, antes da geladeira existir, existia a carne de sol (ou charque como é chamado no sul do país) que era preparada e deixada o dia todo exposta ao sol, assim ela podia ser até mesmo exportada, gerando um bom dinheiro à economia gaúcha assim como a criação de gado gerava. A primeira máquina que tinha potencial para refrigerar e conservar alimentos surgiu em 1856, quando o australiano James Harrison foi contratado para criar alguma máquina que resfriasse a cerveja de uma fábrica em um de seus processos de fabricação, onde usou o princípio da compressão de vapor, a partir daí a ideia foi reinventada diversas vezes.

Como funciona a geladeira

Nas geladeiras modernas o principal responsável pela refrigeração é o fluido refrigerante, que geralmente é composto de flúor, hidrogênio e carbono, o que ele faz é basicamente é manter um ciclo no qual absorve o calor de dentro da geladeira, mas se ele absorve calor, obviamente ele terá que perde-lo, não é mesmo? O ciclo completo do fluido refrigerante é entrar por cano bem longo chamado evaporador, que fica na parte de cima da geladeira onde fica o congelador, no evaporador uma espécie de serpentina faz circular o fluido, retirando calor do local e criando o gelo pela baixa temperatura e a umidade do ar que se encontra internamente.

Depois de fazer o seu trabalho no congelador, é hora do fluido refrigerante seguir o seu caminho até a parte mais baixa da geladeira levando consigo todo o calor que absorveu, quando chegar na base do eletrodoméstico, o fluido vai estar na forma gasosa e a uma temperatura de cerca de -10°C e será absorvido por um compressor. O compressor, que fica em um compartimento na parte inferior da geladeira, faz com que o fluído em seu estado gasoso passe por um espaço bem apertado, aumentando a sua pressão e fazendo com que as suas partículas comessem a se agitar e colidir, fazendo com que o gás se aqueça e atinja uma temperatura de até 120°C!

Assim que o trabalho de ser aquecido é concluído, o fluido entra no condensador, que é uma segunda serpentina parecida com a do congelador, porém essa é muito maior, pois nela o fluido irá perder o calor que adquiriu até voltar a sua forma líquida, depois ele é filtrado para garantir que impurezas não vão prejudicar o compressor no próximo ciclo. Assim que se torna livre de impurezas o fluido chega ao capilar, onde adquire pressão para chegar novamente ao evaporador e descer a geladeira, dando início a um novo ciclo.

Um ciclo sempre irá recomeçar quando um termostato detectar que a temperatura do fluído já não é mais baixa o suficiente dentro dos canos para manter a geladeira a uma temperatura adequada, assim o compressor irá iniciar o processo de absorção do fluído e posteriormente aquece-lo. A maioria das geladeiras oferece a opção de controle de temperatura, onde você irá regular o quão quente deverá sair o fluído de dentro do compressor, assim ele encontrará dificuldade para ficar frio o suficiente ao ponto de gerar um excesso de gelo no congelador durante o inverno por exemplo.

Para que o calor ambiente não interfira no resfriamento, um espaço entre as paredes da geladeira é preenchido com uma espuma muito parecida com a de colchões, porém ela é mais densa, esse material é a chamada espuma de poliuretano, que irá se expandir e preencher completamente esse espaço no interior das paredes. Se você quiser, pode ver também Como Funciona o Ar Condicionado, que trabalha de forma bem parecida com a geladeira!

Abaixo você vê um vídeo explicativo sobre a espuma de poliuretano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *